sexta-feira, outubro 09, 2009

Pensando em John

John Winston Lennon nasceu no dia 09 de Outubro de 1940 em Liverpool. Filho de Julia e Alfred Lennon, teve o pai ausente em toda vida e acabou sendo criado por uma tia, Mimi, irmã de Julia.
John não era o que se podia chamar de 'working class hero', pois tinha um padrão de vida muito bom, se comparado aos outros Beatles. Estudou na Quarry Bank Grammar School, escola que, com seus companheiros viu o nascimento do 'Quarrimen' ( que mais tarde daria origem aos Beatles ). John adorava escrever, e alguns de seus poemas da época seriam um prefácio das letras que o tornariam tão famoso.
Aprendeu a tocar guitarra com sua própria mãe, Julia, que o visitava esporadicamente, até que morreu atropelada, quando John era adolescente. Isso o fez se aproximar de Paul McCartney, que havia perdido sua mãe na mesma época, e ao Rock and Roll, em discos de Elvis e Chuck Berry .
Em 1957 ingressou na Liverpool Art College, onde conheceu Cynthia Powel, que se tornaria sua primeira esposa, casando-se em 23 de Agosto de 1962.
Naquela época os Beatles começavam a subir a escadaria da fama, e turnês, gravações, filmes e outros compromissos fizeram de John um marido ausente e foi o motivo pelo qual, seu filho Julian ( nascido em 8 de Abril de 1963 ), pouco tivesse contato com ele..
John sempre foi o líder intelectual dos Beatles, e durante a 1ª fase, ele é o grande responsável pela maioria das canções da banda, fato que iria reverter em prol de Paul McCartney de 1966 em diante.
Escreveu dois livros com poemas enquanto estava com o grupo: 'In His Ows Write' ( em março de 64 ) e 'A Spaniard in The Works' ( em 1965 ).
Em 1966 fez a famosa declaração de que 'Os Beatles eram mais famosos que Jesus Cristo', frase mal interpretada quando foi colocada fora do seu contexto original, recebeu sua medalha do império britânico ( devolvida em 69 em repúdio ao envolvimento da Inglaterra na guerra de Biafra ).
No mesmo ano, numa exposição de artes na 'Indica Gallery', em Londres, conhece Yoko Ono, e começa a se envolver com drogas como LSD. No final deste mesmo ano vai para a Espanha filmar 'How I Won The War', de Richard Lester ( diretor dos dois primeiros filmes dos Beatles ).
Em 1968 o casamento de John e Cynthia termina e ele começa a viver com Yoko Ono, com a qual casaria em Gibraltar em 20 de Março de 1969. Troca aí seu nome de John Winston Lennon para John Ono Lennon.
Com Yoko Ono, ele toma conhecimento de novas formas de manifestações artísticas e lançam discos nada convencionais, como 'Two Virgins' ( que se tornaria famoso pela capa dos dois nus ), 'Life With The Lions' e 'Wedding Album'. Nesse mesmo ano, os dois são pegos com haxixe numa batida policial e participam do especial dos Rolling Stones 'Rock'n'Roll Circus'.
Formou a banda 'The Plastic Ono Band' ( banda conceitual, sem nenhum membro fixo ) para um concerto pela paz em Toronto, e sua música 'Give Peace a Chance' tornou-se hino do movimento Hippie.
Com o rompimento dos Beatles, em 1970, John viu-se só com Yoko, e ambos gravaram vários discos juntos. A teoria do 'grito primal' do dr. Artur Janov, deu origem ao seu 1º disco solo, 'John Lennon / Plastic Ono Band', de 1970, e 'Imagine', seu segundo álbum tornou-se um fenômeno de vendas e a música sua obra prima.
Compram vários apartamentos no edifício Dakota, em NY, onde John se torna pai pela 2ª vez. Sean Ono Lennon nasce no mesmo dia do aniversário de John, em 09 de Outubro de 1975. John começa então um jejum musical de 5 anos,fazendo pão e vendo seu filho crescer. Yoko toma conta dos negócios.

O movimento 'New Wave' de 1980 deu fôlego a John e Yoko para retornarem aos estúdios, quando gravam o disco 'Double Fantasy'. O Disco se torna um megassucesso.


O que houve depois disso todos sabem, e infelizmente a carreira de John termina aí: 08 de Dezembro de 1980. Depois disso o filme 'Imagine' é rodado, vários discos foram lançados, e até uma "breve reunião" dos Beatles acontece com 'Free As A Bird". Muitas histórias rolam por aí, o que fica sempre difícil saber o que foi real ou não na vida dele, por isso deixo o espaço de comentários abertos para que prestem suas homenagens!



Paula Silva

3 comentários:

Danielle Starkey disse...

Aaaahhhh, o John...
Tenho uma visão meio diferente dele, sei lá, é como se ele fosse um irmãozinho meu (?)... não me perguntem porquê, nem eu sei!
Nossa, amo muito ele, o doidinho, o sedutor, o inteligente, o esperto, o cínico, o irônico... Meu Johnny!
Feliz aniversário Joooohn!
Agradeço por me fazer feliz e por me dizer "won't you let me see you smile?"! =D

Clarice disse...

Querido John...você que nos fez tão feliz com sua alegria... irreverencia, e por que não dizer com o seu "cinismo" também.
Amamos você desde o início junto com seus amigos Beatles com suas músicas maravilhosas, músicas que cantamos até hoje como cantávamos com vocês desde o começo.
Pena você ter conhecido aquela criatrura odiosa da Yoko, que tirou você de seus amigos, seus fãs e conseguiu fazer com que você vivesse exclusivamente pra ela, uma vida cheia de vícios e esquisitices, fazendo de você uma sombra do que você foi.
Continuo amando você, mas prefiro ignorar a época em que você se afastou de todos nós.
Feliz aniversário

Clau disse...

Parabéns John!!!

Postar um comentário